Life is random

Eu e Bethania no carro hoje. MP3 player no modo “random”.

Now playing: Mombojó – Merda

– Nossa, Zé, que música legal essa…
– Pois é, né…
– Gostei. Grava esse CD pra mim depois?
– Claro, claro.

Next track *click*
Now playing: !!! – There’s no fucking rules, dude

– Ei, porque você trocou de faixa?? – pergunta Bethania.
– Ah, tenho saco pra ouvir a música inteira não.
– Por quê?
– Sei lá, acho que &;eacute; porque quando começa a tocar, o resto da música vem todo na minha cabeça, aí eu já sei o que vai acontecer e não tem mais graça.

Moral da história: eu devia rezar todo dia de manhã pelo fato da psiquiatria ainda não ter como diagnosticar essas minhas esquisitices. Caso contrário eu ia estar numa camisa de força.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>