A música mais desagradável do mundo

Komar e Melamid, dois artistas, fizeram uma pesquisa online para descobrir quais são as características mais indesejáveis em uma música.

O resultado? “A música mais indesejada tem 25 minutos aproximadamente, varia entre partes calmas e barulhentas, tempos rápidos e lentos, timbres extremamente altos ou baixos, e essa dicotomia deve ser apresentada de forma abrupta” – ou seja, como qualquer faixa do Godspeed You! Black Emperor, uma das minhas bandas prediletas.

Mas o melhor é que os caras resolveram montar uma música com estas características, compondo o que seria uma música cientificamente desagradável (que pra mim é perfeitamente audível). Tem também o oposto, uma música construída apenas com características desejáveis, que – previsivelmente – soa como uma mistura de Kenny G com qualquer faixa que toque na Jovem Pan.

No ramo da música “desagradável” (note as aspas), minha melhor recomendação é uma banda “irmã” do Godspeed, chamada Set Fire To Flames, e seu disco duplo intitulado “Telegraphs in Negative”. Citando eu mesmo:

No site da gravadora Alien8, a história de Telegraphs in Negative é contada. Basicamente, os 13 integrantes da banda acharam um grande celeiro abandonado na área rural de Ontario, no Canadá, levaram o equipamento e se trancaram lá. “O álbum foi formado numa situação de isolamento auto-imposto, com a banda funcionando tanto individualmente quanto comunitariamente, em estágios de pouco ou nenhum sono, níveis variados de intoxicação, e confinados fisicamente”, diz o site.

Telegraphs in negative NÃO é um disco divertido. NÃO é um disco fácil. NÃO é um passeio no parque. É uma jornada difícil por consciências atormentadas, por demônios escondidos atrás de cada pilha de feno e de madeira velha. É um disco que vai incomodar e vai lhe deixar deprimido.

No entanto, Telegraphs in negative é intenso, e por isso mesmo profundamente expressivo, atingindo extremos onde, por exemplo, uma faixa contendo apenas trechos gravados de telefonemas (“Mouths trapped in static”) fica linda e é mais emocional do que quaisquer 20 minutos de guitarra urrando no último volume.

 

(Links da música desagradável/agradável via MeioBit)

One thought on “A música mais desagradável do mundo”

  1. eu gostei dessa musica ahhahahhaha
    e segundo a pesquisa só 200 pessoas no mundo poderiam gostar dela, eu sou uma delas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *