Terremoto em São Paulo – um "timeline" bizarro

Aprox. 21:00 – Na sala aqui de casa eu e uma amiga de Bethania estávamos vendo TV. Aí minha cadeira balança bem de leve por uns 10 segundos. Enfiei a mão debaixo dela para ver se não era Pavlov (meu cachorro) se coçando, até que a amiga pergunta se eu senti a terra tremer.

Me levantei, fui até o computador e levei um susto: no Twitter, dezenas de relatos da terra tremendo em várias partes da cidade de São Paulo. A primeira twittada, supostamente, foi do @viniciuscosta: “Terremoto em SP?”

21:13 – O tremor começa a aparecer na mídia. Segundo o 8 Bits e Meio:

O Corpo de Bombeiros confirmaria as informações alguns minutos depois. Os portais entraram às 21h16 (com o G1). A FOL foi mais tarde, com um urgente na capa. Às 21h18, a Bandnews levou a história para o ar. Às 21h23, entrou a Globo News.

21:36 – @geomorcelli avisa: no Orkut surge a comunidade “Terremoto 22/4/08 – Sobrevivi!”

21:41 – No Twitter começam as piadas, como esta, de @marcsheep: “Esse terremoto é uma ação viral da motorola para o novo cellphone! TERREMOTO!”

21:43 – @cellozero avisa que o terremoto foi de 5.2 graus na escala Richter. Informações do portal de terremotos (?) do Governo Norte-americano confirmam, inclusive dando a localização do epicentro: no Oceano Atlântico, a 270 km de São Paulo – a estrelinha da figura aí embaixo.

20080422

21:51 – O número de piadinhas com o terremoto segue crescendo exponencialmente. Segundo @pedro_blognatv, “Terremoto nada! A terra só quis comemorar o seu dia e dançou o créu na velocidade 5”

21:58 – Surge a melhor (e mais nerd) piadinha do terremoto, via @felds: “São Paulo, agora com RUMBLE PACK!”

22:00 – Começa a monetização: Camiseta do terremoto é lançada por Ian Black no Twitter.

22:03 – @herkeios especula sobre a causa do terremoto: “O desmond esquecereu (sic) de digitar 4, 8, 15, 16, 23, 42, DE NOVO”

22:09 – A comunidade do terremoto no Orkut já tem mais de 200 membros.

22:19 – Meu pai aparece no Google Talk. Isso é, de longe, MUITO MAIS BIZARRO que o terremoto. Achei que ele tinha ficado sabendo do tremor e estava preocupado comigo, mas as primeiras frases dele são: “Uai, tou conseguindo tc contigo? Foi sem querer que entrei aqui”.

22:27 – @opiumseed avisa: “Na comunidade de São Paulo no Orkut, o tópico do terremoto teve mais de 500 comentários em uma hora”. Já a comunidade do terremoto está com 360 membros e segue aumentando.

22:29 – Bethania chega na sala rindo porque viu no Twitter: “Brasileiro não sabe nem se portar em evento de primeiro mundo” (Update: o autor foi o @marcdoni)

22:34 – Encontro Bethania ainda rindo, mas por causa de um comentário do @cacaucalazans: “Droga, eu filmei o terremoto, mas o meu celular tem sistema antishaking! hahahahahahaha”

22:36 – Talvez o primeiro relato de danos causados pelo terremoto, via @cellozero: rachadura em hospital da zona leste de SP.

22:43 – Bethania me avisa de um comentário de @luti (cujo Twitter foi criado há apenas 3 horas): “Gente, foi terremoto mesmo? Não reparei, aquei que tinha esquecido o vibrador ligado…”

22:47 – Na comunidade do Orkut também tem piadinhas, como o tópico “Ao vivo – Está tremendo em Manaus (-2 hs fuso)”.

23:05 – Parei de acompanhar o aftermath do terremoto e fui dormir. É estranho dizer isso mas foi… divertido.

P.s.: Pra quem quiser ler mais, o Inagaki também coletou um monte de citações do Twitter.

16 comentários sobre “Terremoto em São Paulo – um "timeline" bizarro”

  1. Uma vez, senti um tremor de terra. Eu ,na época vivia em Leiria, cerca de 70 km de Coimbra-Portugal, e eram umas 10 da manhã. Eu estava sozinha em casa e estava na cama. De repente ouvi um ruido horrivel, como se o Metrô passasse exatamente sob a minha cama….As paredes do quarto pareciam que iam desmoronar e eu vi(JURO!!) , as quatro paredes abanarem!!Tremer mesmo!…Parecia um filme , desenho animado.Durou pouco e não houve vitimas fatais (creio,ja nao me lembro),mas danos materiais, lembro me que houve uma loja de cristais que teve um prejuizo enorme.
    Bem, só para terminar, sou Sueli, vivo em Coimbra. Estou em Portugal há 25 anos ,mas sou paulista .Vivi no ABC….Mais propriamente no B….rsrsr
    Um abraço a todos

  2. Depois de BBB, do caso da Isabela, o assunto agora é o terremoto. O pessoal fala muito e faz pouco. Quem ganha com isso são os programas de humor.. hahaha

  3. Cara o melhor foi acordar ontem de manhã com o paulista aqui em casa contando do terremoto ai no Brasil… ai foi twitter o dia todo…
    Adorei a timeline.
    E ta vendo, foi sair de BH, aposto que por lá o JK nem tirou a poeira…

  4. Sir jÔ sOares, dissera ao entrevistar Dona Foster Graça, que confirmou na entrevista, que a pergunta de Juca de Oliveira no Terremoto de 2008 era pertinente e pediu para falar com ele (Juca) pessoalmente. Foi em Santo Paulo, cujo epicentro foi exatamente no poço de petróleo do Pré-Sal litoral paulistano de Santo Vicente. No dia cabralino da Petrobrás como ficou conhecido, por ter assustado muito, os funcionários do poço de petróleo, que tiveram de parar de injetar água nele, quando estavam medindo a pressão de óleo da reserva, fazendo desmoronar parte da caverna da jazida, no Oceano, como vem ocorrendo com os Yankees, onde Obama teve que restringir este tipo de prospecção, por lá também causar muitos terremotos iguais que ocorreu em 2008.
    Abraços de seu irmão eterno e imortal, Eduardo de SBC, do coloquial risco de morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *