Cantores que precisam de tratamento fonoaudiológico

Mais uma série no Primo!

Hoje teremos três excelentes amostras de cantores seriamente doentes:

Shaggy – Shaggy é um caso típico de “adenóide”, por isso fala tudo com um tom anasalado altamente irritante. Além do mais, alguém que canta coisas como “Da Mista Lóva Lóva” e “Oh uôna shô da neichon má aphrischiêichon”, quando não está dando gemidos completamente incompreensíveis, tem um sério problema de dicção.

Macy Gray – Macy mostra que pessoas com uma voz que só pode ser definida como “voz de véia rouca de 80 anos sem dentes e no meio de uma crise de amigdalite” pode fazer muito sucesso. O mais legal é que quando ela arrisca uns agudos e a voz falha, isso é tido como o “estilo” dela. Ah, faça-me o favor!!!

Bee Gees – Esta banda dos irmãos Gibb descobriu uma técnica vocal chamada falsetto, o nosso “falsete”, e evoluíram-na até uma forma avançada e altamente elaborada. Chama-se “falsa”. Tenha dó: qualquer menino de sete anos fazendo voz de mulherzinha para zoar os amigos canta melhor que os irmãos Gibb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *