This is a fucking country

E daqui a algumas horas estarei embarcando de volta ao Brasil, para o feriado do Carnaval. Depois tem a super-reunião anual da minha empresa de consultoria, em São Paulo, e depois volto pro Canadá e fico três meses non-stop.

Anteontem fui com um colega meu no Best Buy e, passeando aleatoriamente pela prateleira de CDs, achei o F#A#oo, outro CD do Godspeed You Black Emperor. E na hora que entramos no carro e ligamos o rádio, tocou Brass Monkey, dos Beastie Boys.

Vou sentir saudade daqui…

Último comentário canadense da semana: aqui no escritório o pessoal diz fuck. E diz muito.

Acabei de sair do cubículo de um dos caras e, sem querer, pisei num documento que tava no chão. Pedi desculpas e ele falou:

– Nah, don’t bother. If at least my office wasn’t a fucking mess…

Aí passei na minha sala, depois fui buscar um café e lá estava ele, ao telefone:

– No way… fuck me… it can’t be right…

E ainda ouvi outro fuck de alguém desconhecido, quando voltava com meu café.

O diretor da área é o campeão de fucks, o fucking champion. Outro dia ele tava gritando no telefone:

– Don’t give me this fucking bullshit, we’re talking about thousands of fucking dollars here!

Muitos fucks depois ele desligou, ligou para a esposa e saiu falando no tom mais doce do mundo…

– Hi, sweetheart…

Então, é isso. Deixa eu ir ali pegar o meu avião. Um bom fucking carnival pra vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *